As vantagens de ir em um parque de diversão sozinho(a)

Publicado por

Você conhece alguém que já foi sozinho em um parque de diversão? Suponho que não. É comum achar que ir em parques de diversão sozinho pode ser algo bem triste e sem graça. E como consequência isso acaba desanimando MUITA GENTE que tem vontade de ir sobrando, mas não tem uma companhia pra isso.

Bom, se você é uma dessas pessoas, seguinte: Me dá a mãozinha, vem comigo nesse texto e bora quebrar essa sua ideia errada. Pois essa história de parque de diversão sozinho ser triste ou sem graça é a maior baboseira que você já botou na sua mente. E que por sinal eu também tinha na minha.

Parques de diversão são sim lugares repletos de grupos. Colegas de classe em um passeio escolar, colegas de trabalho, amigos, famílias… Mas quem disse que também não é lugar de gente por conta? Aliás, um lugar maravilhoso!

Esse texto tem como base minha experiência indo sozinha no parque Beto Carrero, em Santa Catarina, em setembro de 2018. Pretendo fazer mais posts a respeito da minha experiência, por isso não deixe de acompanhar o blog!

Permissão para furar fila

Vamos imaginar a seguinte situação com base na FireWhip, a montanha-russa mais radical do Beto Carrero.

ezgif.com-gif-maker (1).gif

A FireWhip possui 20 assentos, distribuídos em duplas. Certo. Então o que acontece se um grupo de 5 pessoas entra no brinquedo? Bom, sobra alguém sem dupla.

Entra mais um grupo, mais outro… No fim, muito provavelmente vai sobrar 1 ou 2 lugares vazios.

E aí, amiguinho, é sua hora de brilhar. É nessa hora que os funcionários começam a gritar desesperadamente procurando por você. O ousado visitante desacompanhado. Eu furei fila em praticamente todos brinquedos que fui. Na FireWhip, por exemplo, cheguei a passar cerca de 25 pessoas. Nada mal, não é?

Pra que pegar a fila de 1 hora, se você pode pegar a fila de 1 minuto?

Não, não estou falando do FastPass (aquela pulseira que você compra para furar filas em parques de diversão) ou qualquer coisa parecida. Estou falando das filas individuais.

Pra quem não sabe, parte dos grandes parques atualmente oferecem duas opções de fila para algumas de suas atrações: as filas comuns e as filas individuais. Como já dá pra supor pelo nome, as filas individuais são exclusivas para aqueles que estão visitando o parque sozinho, individualmente. Exclusivas pra você!

Pra você ter uma noção da vantagem que isso é pra quem está desacompanhado, vou usar de exemplo a atração Crazy River do Beto Carrero.

ezgif.com-video-to-gif.gif

Quando fui nessa atração, o tempo de espera para a fila comum era mais de 1 hora. Eu peguei a fila exclusiva (que chique, não?), passei por dezenas e dezenas de pessoas até chegar ao fim da minha fila individual, que tinha a incrível quantidade de 1 pessoa na minha frente. Isso mesmo. Uma única pessoa. Eu levei menos de 1 minuto para entrar no brinquedo que levaria mais de 1 hora esperando.

Essa foi minha visão chegando no fim da fila (ou seja, a entrada do brinquedo):

ezgif.com-gif-maker (3).gif

Foi praticamente chegar e curtir a atração. Filas individuais são demais! E exclusividade de visitantes desacompanhados!

Novas amizades

Ok, você está visitando o parque sozinho. Mas isso não significa que não possa fazer novas amizades durante o passeio. E oportunidade é o que não falta, viu?

Podemos começar pelas próprias filas. Ninguém gosta de esperar entediado numa fila. Todos querem se distrair, e essa é uma ótima oportunidade para iniciar uma conversa. Principalmente nas filas individuais. As pessoas na fila individual também estão sozinhas e curtindo o parque como você. Vocês já tem isso em comum, que tal iniciar um papo? É muito provável que a pessoa vai adorar conversar contigo.

Furando fila, ou simplesmente entrando em quase qualquer atração, você também vai sentar com pessoas desconhecidas. Pessoas desconhecidas que, assim como você, estão lá para se divertir. E fazer amigos faz parte da diversão.

Dá pra bater uns papos legais em atrações como a Casa de Espelhos, em que temos um pessoal fazendo basicamente a mesma coisa: tirando fotos engraçadas, rindo dos outros e de si mesmo.

photo5046553325914400765.jpg

Também tive bons papos tirando fotos para outras pessoas ou pedindo que tirassem alguma minha.

photo5046553325914400766.jpg

Fiz amizades com crianças, adultos e idosos. Com visitantes e funcionários. As opções são diversas. Acredito que, no geral, para que você encontre papos legais e faça amizades, o segredo é curtir o parque com uma mente aberta, sem medo de puxar papo. Compartilhe do seu entusiasmo em estar ali, peça e faça favores como tirar fotos. As coisas naturalmente acontecerão, pode confiar 😉

Minhas regras

Se você já foi a um parque de diversão com um grupo, provavelmente percebeu também que a experiência não é exatamente um mar de flores. Quando alguém precisa ir no banheiro, você precisa acompanhar, esperar, ou partir o grupo e combinar de encontrar depois em outro lugar. As vezes você quer ir em um brinquedo que ninguém mais quer ir. As vezes todos querem ir em um brinquedo que você não quer. Você tem que ir comer quando todos concordarem ser um bom momento. Você precisa deixar alguns sortudos visitantes sozinhos passarem na sua frente, ou mesmo um grupo de pessoas, porque caso contrário seu grupo não consegue ir todo junto naquela atração.

Enfim. Deu pra entender, né? Sua liberdade é drasticamente reduzida.

E com isso chegamos a vantagem que, pra mim, é a melhor de todas: Você que manda.

ezgif.com-video-to-gif (1).gif

Você está por si. Você é seu próprio rei. Isso significa que você vai nos brinquedos que quer, quantas vezes quiser, na hora que quiser. Vai no banheiro quando você está com vontade. Vai comer quando você tem fome. Se quiser ficar 1 hora tirando a foto perfeita em algum lugar, você pode. Se quiser ficar 1 hora sentado olhando uma árvore, você pode. São suas escolhas, suas regras. E ninguém interfere. Você tem total autonomia. E a sensação é maravilhosa. Aquele mundo é seu, para explorar no seu próprio ritmo.

Nova perspectiva

Isso não é exclusividade de parques de diversão. Qualquer lugar que você vá explorar sozinho será diferente. Quando saímos com grupos, o foco é maior no grupo. Quando saímos sozinhos, o foco é maior em nós e o mundo. E isso muda tudo. Grupos nos distraem. E se não temos grupos, nossa mente pensa em outras coisas, percebe outras coisas, aprende outras coisas.

Foi escrevendo com meu caderninho e caneta nas filas do parque Beto Carrero que notei que ganhei um gosto misteriosamente delicioso por escrever.

Após ir em 2 brinquedos radicais seguidos furando fila, senti um cansaço razoável e tontura. E olha que adoro brinquedos radicais. Adoro adrenalina. Mas sem uma pausa entre cada atração você acaba deixando de aproveitar a experiência como deveria. O próprio corpo e mente não aguenta. Notei que filas em parques de diversão são uma coisa boa, no fim das contas. E a ansiedade que você cria na fila faz você aproveitar a atração muito mais. Concluí que filas são simplesmente demais!

Dentro do Beto Carrero há também um zoológico, e notei que amo girafas e alpacas. Fiquei quase 1 hora só observando esses dois animais.

Foi observando as pessoas entrando e saindo nos brinquedos que comecei vários joguinhos secretos na minha mente. Eu tentava adivinhar, por exemplo, como cada pessoa que subia na Big Tower (a torre que despenca de 100 metros numa velocidade de 120km/h do Beto Carrero) chegaria após a queda. Uma das pessoas que eu julguei ser bem durona desceu desmaiada. Algumas que eu achei que desceriam chorando, desceram rindo. Foi bem divertido. Na maior parte das vezes eu errei meu chute, o que foi bem interessante.

Você acha que eu teria notado e pensado nessas coisas se tivesse companhia? De jeito nenhum! E é essa a parte que amo sobre sair sozinha. Não só pra parques de diversão, pra qualquer lugar. Eu sempre acabo aprendendo mais sobre o mundo e sobre mim. Por mais simples que sejam meus aprendizados. E isso traz uma sensação muito boa. Muito mesmo. Me faz mais completa e… Feliz 🙂

ezgif.com-video-to-gif (2).gif

E aí, gostou das vantagens? Ficou com alguma dúvida, gostaria de compartilhar alguma experiência ou sugestão? Fique à vontade para deixar seu comentário. E tenha uma ótima viagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s